Mulher, fique atenta a sua saúde íntima

março 25, 2019 by admin0
WhatsApp-Image-2019-03-15-at-15.42.13.jpeg

Cuidar da região íntima é cuidar da saúde como um todo. Falar sobre isso, porém, ainda causa desconforto a muitas mulheres, já que o tema é considerado um tabu. Essa dificuldade, associada a uma rotina agitada, acabam fazendo com que os cuidados com essa parte do corpo fiquem em segundo plano, o que pode comprometer a saúde íntima feminina, que é naturalmente mais sensível e delicada.

Coceira, corrimento de coloração diferente, forte odor, ardência e dor são alguns dos sintomas que indicam que algo não vai bem por lá. O que muitas mulheres não sabem é que, se não tratadas, essas pequenas alterações podem evoluir para problemas mais sérios, como infertilidade, e até influenciar na vida sexual da mulher, reduzindo a libido e dificultando o orgasmo.

Dentre tantas informações, às vezes fica difícil conseguir identificar o que é de fato verdade quando se trata da saúde íntima feminina. No dia a dia diversas dúvidas surgem e, muitas vezes, a forma de lidar com elas se embasa em informações nada confiáveis. Saber o que é ou não verdade é essencial para cuidar melhor da própria saúde, e procurar um ginecologista, ainda é a melhor forma de acompanhar sua saúde intima.

Não existe uma regra específica para saber qual a melhor hora de procurar um ginecologista. Contudo, é aconselhável que a mulher o procure quando começar a ter relações sexuais. É importante realizar uma revisão a cada ano se não houver nenhum problema inesperado: gravidez, problemas com as mamas, etc.

O certo é procurar um ginecologista ainda na adolescência, assim que a menina comece a menstruar. É importante saber se o seu desenvolvimento está de acordo com a sua idade. A partir da primeira relação sexual a procura pelo médico pode ser anual e é essencial.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Copyright 2017 - Clínica Facilita. Todos os direitos reservados.